PCH José Barasuol

A Usina José Barasuol está situada no rio Ijuí, no município de Ijuí-RS, a aproximadamente 15 Km do centro da cidade e a 415 Km de Porto Alegre-RS. Tem 14,3 MW de potência instalada, sendo 13,5 em sua estrutura principal e 0,83 em uma minicentral acoplada ao corpo da barragem. Por sua grande capacidade de geração a Usina José Barasuol é a maior usina do cooperativismo brasileiro. Os primeiros encaminhamentos de construção da Usina José Barasuol começaram em 1998. Em janeiro de 2002 foram iniciadas as obras. Para a construção desta usina foram adquiridos, no distrito de Santana, mais de 100 hectares, sendo 42 deles somente para o lago. Os investimentos da obra aproximaram-se dos R$ 25 milhões, custeados pela própria Cooperativa e por empréstimo obtido junto ao BRDE.

 

 

 

 

Ficha técnica

  • Curso d'água: Rio Ijuí
  • Local: Distrito de Santana (margem esquerda) Distrito de Chorão (marge direita), Município de Ijuí
  • Potência: 14,3 MW
  • Início da obra: Janeiro de 2002
  • Início da operação comercial: Dezembro de 2003
  • Apoio Financeiro: Bancos BRDE/BNDES
  • Projeto executivo: Rischbieter Engenharia
  • Obra civil: Bucagrans Construtora de Obras
  • Fornecedor turbinas: Hacker Industrial
  • Fornecedor geradores: Gevisa
  • Fornecedor hidromecânicos: Hacker industrial
  • Fornecedor transformador: Trafo
  • Fornecedor subestação, painéis, automação e instalações elétricas: Fockink
  • Execução civil subestações: Ensul Engenharia
  • Projeto ambiental: BIOLAW e GEOMAC
  • Programa ambiental: GEOMAC, BIOLAW e Convênio CERILUZ/IRDER-UNIJUÍ
  • Projeto arqueológico: UFSM
  • Estruturas de concreto da Linha 69 kV e subestação: Indaial

Impacto ambiental

A construção de uma PCH projeta a perspectiva de novas condições de desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida das regiões envolvidas, mas por outro lado, podem ocorrer modificações no meio ambiente, alterando temporariamente a flora e a fauna terrestre e aquática. Para a concretização da PCH José Barasuol foi realizado inicialmente um trabalho detalhado de inventário da área diretamente envolvida com o projeto e também da região em torno do empreendimento. Para consecução deste diagnóstico foram levantados elementos que dentro conduziram ao trabalho final aprovado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul - FEPAM, pelo Departamento de Recursos Hídricos - DRH, pelo Departamento de Florestas e Áreas Protegidas - DEFAP e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.

Mesmo com estas autorizações obtidas a Ceriluz continuou investindo na recuperação do ambiente natural, e assim, foram desenvolvidos projetos ambientais que estão garantindo uma geração de energia de forma limpa e sustentável.

Como agendar uma visita?

Para agendar uma vista em qualquer uma das Usinas da Ceriluz o interessado deve enviar um ofício para a sede administrativa (Rua Reinoldo Schindler, 100, Bairro das Chácaras, 98700-000 – Ijuí/RS) ou para o email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., informando a data e o objetivo da visita, o número de visitantes e o nome de um responsável pelo grupo, ou contatar pelo 0800-51-3130 e informar os mesmos dados.