CERILUZ REALIZA AGE PARA PROMOVER ADEQUAÇÕES ESTATUTÁRIAS

DSC 5775 siteAs cooperativas Ceriluz realizaram na última terça-feira, dia 14 de outubro, Assembleia Geral Extraordinária (AGE) cada uma, tendo por local o salão de atos da Cooperativa, na Linha 03 Oeste, Bairro Universitário, em Ijuí. Primeiro foi realizada a assembleia da Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento Social Ltda, CERILUZ GERAÇÃO, com início às 14 horas, seguida da AGE da Cooperativa Regional de Energia e Desenvolvimento Ijuí Ltda, a CERILUZ DISTRIBUIÇÃO. Para ambas as cooperativas o objetivo principal foi a realização de alterações estatutárias.

O presidente de ambas as cooperativas, Iloir de Pauli, explica que em reuniões dos conselhos de administração das cooperativas chegou-se à conclusão da necessidade de serem feitos alguns ajustes nos estatutos das cooperativas. Entre as principais modificações destacam-se correções nas áreas de atuação. No caso da Ceriluz Distribuição, sua área de ação era definida por municípios, no entanto, com a assinatura do contrato de Permissionária de Serviço Público com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), esse limite passou a ser delineada por coordenadas de GPS, incluindo inclusive locais que não eram relatados pelo estatuto original. Já a Ceriluz Geração, por sua vez, tem como área de atuação todo o Brasil, diferente do que constava no estatuto, que definia os mesmos municípios citados para a Cooperativa de Distribuição. “Esse é um dos ajustes mais importantes, considerando que a Cooperativa de Geração pode gerar energia em qualquer parte do nosso país, diferente da Ceriluz Distribuição, que atua na área delimitada pela ANEEL em nossa região, de onde nem ela pode sair, nem outra distribuidora entrar”, explica o presidente Iloir de Pauli.

Outra definição relevante na Ceriluz Distribuição diz respeito à definição de sua estrutura administrativa. Foi aprovada a redução do conselho de administração, que passa a ser composto pelo presidente, vice-presidente e mais dois conselheiros, reduzindo assim de treze membros para quatro. Outro ponto significativo contempla a redução do próximo período de gestão, que iniciará em 2015, para três anos. “O objetivo dessa mudança é fazer com que coincidam as eleições das duas cooperativas, Distribuição e Geração, no ano de 2018, preservando assim o objetivo principal dessas cooperativas, de caminharem juntas, com seus resultados sempre em benefício dos mesmos associados”, afirma Iloir. Foram discutidas ainda questões referentes aos direitos, deveres e responsabilidades dos associados, sobre o capital social e destino de sobras, perdas e fundos. O presidente Iloir de Pauli falou sobre as mudanças estatutárias na última edição do informativo de rádio Além da Energia. Para ouvi-lo cklique aqui.