VALMIR SEIFERT ASSUME PRESIDÊNCIA INTERINA DA CERILUZ, DURANTE FEVEREIRO

Valmir e Iloir siteEstá á frente da Ceriluz desde o dia primeiro de fevereiro o vice-presidente, Valmir Elton Seifert, que assume interinamente durante este mês, para que o presidente Iloir de Pauli possa usufruir de suas férias. Seifert assume com grandes desafios. Entre eles, o acompanhamento das obras das duas principais usinas em construção no momento: a PCH Sede II Centenária, no rio Potiribú, de 07 MW, e a CGH Igrejinha, no rio Ijuizinho, em Boa Vista do Cadeado, de 4,85 MW, esta segunda obra em parceria com a cooperativa Coprel. “São dois projetos grandiosos com os quais a Ceriluz está envolvida, com importantes decisões a serem tomadas a todo o momento. O presidente Iloir acompanha de perto o trabalho dos engenheiros, dos técnicos, tanto no desenvolvimento do projeto quanto na obra, analisando cada passo para que tudo corra da melhor forma possível, e eu vou seguir essa metodologia de trabalho”, afirma o presidente em exercício. A PCH Sede II Centenária, no momento, está com as principais frentes de trabalho voltadas para a construção do túnel adutor, que entra na etapa final, e na construção da Casa de Máquinas Principal, com a implantação das ferragens e concretagem da sua estrutura física. Já a CGH Igrejinha, também concentra esforços na abertura do túnel, com uma segunda equipe voltada para a adequação da barragem existente no local.

A distribuição de energia também apresenta suas demandas. Conforme Seifert, são realizadas melhorias constantes nas redes, visando a qualidade da energia fornecida. Além disso, há os momentos de intempéries que exigem importantes decisões dos engenheiros e técnicos para deixar os associados o mínimo de tempo possível sem energia.

Apesar de estar em períodos de férias, o presidente Iloir de Pauli seguirá interagindo com as equipes da Ceriluz em eventuais necessidades. Além disso, estará no dia 12 de fevereiro em Brasília, participando da divulgação do resultado do Prêmio Aneel de Qualidade 2019, onde a Ceriluz é finalista e busca o bicampeonato na categoria Permissionárias acima de 10 mil Consumidores, e no Prêmio Brasil, que envolve cooperativas e concessionárias. “É uma notícia importante, que aguardamos com ansiedade, e pelo seu conhecimento sobre a Cooperativa e o setor elétrico, é justo que o presidente Iloir represente a Cooperativa nesse momento tão especial. Mesmo que não sejamos ganhadores, estar entre as finalistas é um grande reconhecimento para a Ceriluz e seus associados”, avalia Seifert. Na disputa direta com a Ceriluz estão as cooperativas Creluz D, de Pinhal/RS e a Coopercocal, de Cocal do Sul/SC. Em 2019 a Ceriluz obteve o título de melhor distribuidora de energia do Brasil a partir de uma média de satisfação de 85,93%. No total disputam o prêmio 38 permissionárias e 54 concessionárias.

Ouça essa notícia e outras da Cooperativa e do setor elétrico acessando o Informativo Ceriluz do último final de semana.