CERILUZ 20 ANOS DE GERAÇÃO - ESTUDANTES CONHECEM USINA PRECURSORA

Visita Nilo 20 anosA Ceriluz recebeu na quarta-feira, dia 20 de novembro, um grupo de aproximadamente 45 estudantes das escolas municipais de Chiapetta, na infraestrutura da Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Nilo Bonfanti, no rio Buricá, naquele município. Participaram da atividade alunos do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental das escolas Haydêe Chiapetta, Professora Lorete Fank e São José. O objetivo principal foi apresentar aos participantes - alunos e professores - o trabalho de geração de energia que é realizado ali, focando em informações técnicas sobre o processo de produção de energia, as medidas ambientais adotadas, assim como disseminar conceitos de segurança no uso da energia elétrica no dia a dia das crianças e suas famílias. Os participantes também puderam visitar o espaço da cascata do rio Buricá, tradicional ponto turístico do município, anexo à usina.

A visita fez parte das comemorações dos 20 anos de geração da Ceriluz, que serão completados no dia 10 de dezembro, data de aniversário de inauguração da CGH Nilo Bonfanti. O projeto da Central Geradora Hidrelétrica em Chiapetta foi a precursora dos demais projetos da Ceriluz, servindo de aprendizado para essa atividade que hoje é uma das principais fontes de recursos financeiras para a Ceriluz e de investimentos para seus associados.

Esta foi apenas uma das muitas visitas proporcionadas pela Ceriluz ao longo do ano de 2019, focadas na aprendizagem de crianças, jovens e adultos. A usina mais visitada foi a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) RS-155, na comunidade de Santana, Ijuí, pela sua facilidade de acesso ao lado da rodovia de mesmo nome. Foram oito visitas nessa usina, totalizando aproximadamente 120 pessoas atendidas. Além das escolas, ocorreu a visita de alunos de graduação e pós-graduação de universidades do Estado, incluindo estudantes do Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí e do MBA em Gestão de Cooperativas da ESCOOP. Na PCH José Barasuol foram outras 80 pessoas recepcionadas, com destaque para a turma de engenharia civil da Unijuí. A maior parte das visitas, contudo, se refere a escolas da região, do ensino fundamental e médio. Além das usinas já em operação, foram realizadas outras seis visitas na obra da PCH Sede II Centenária, neste caso para estudantes de cursos superiores e associados da Cooperativa.

Visita Nilo 20 anos01