DIA C: AÇÕES DESTACAM A PRODUÇÃO DE ENERGIA LIMPA PELAS COOPERATIVAS

Dia C01siteNo sábado, dia 06 de julho, comemorou-se o Dia Internacional do Cooperativismo. E a Ceriluz mobilizou associados, conselheiros, colaboradores e seus familiares, além de lideranças regionais, para comemorar essa data importante. A cooperativa organizou o projeto “O Cooperativismo que Constrói”, que promoveu visitas orientadas na obra da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Sede II Centenária, em construção na Linha 04 Leste, no município de Ijuí. As ações engajaram pessoas de toda a região, que encararam o frio, com sensações térmicas negativas em alguns momentos, para conhecer a obra que atende o sétimo Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU): promover o Desenvolvimento de Energia Acessível e Limpa.

A intenção foi demonstrar a capacidade das cooperativas de construírem obras que refletem no desenvolvimento econômico e social das comunidades onde estão inseridas, com baixo impacto ambiental e social. A programação oficial do Dia Internacional do Cooperativismo, na Ceriluz, teve início na quarta-feira, dia 03 de julho, com a visita de associados na usina, ação que se repetiu nos dias 04 e 05. O projeto culminou em 06 de julho, Dia Internacional do Cooperativismo, quando foi servido café da manhã que aqueceu o dia que chegou com geada. A abertura do evento foi feita pela presidente da Ceriluz e Fecoergs [Federação das Cooperativas de Energia e Desenvolvimento do RS], Iloir de Pauli, e envolveu conselheiros, colaboradores e seus familiares, juntamente com representantes da imprensa e dos Poderes Executivo e Legislativo da região. O roteiro de visitação incluiu, além das estruturas da usina - barragem, túnel e casa de máquinas - conhecer ainda o patrimônio histórico existente no local, sendo a antiga casa e o moinho da família Waslawick - com aproximadamente 100 anos de existência, - que foram restaurados e agora servem de escritório para as equipes de trabalho e no futuro serão abertos a visitação para escolas e pessoas interessadas.

Paralelamente a visitação da obra os visitantes se engajaram no plantio de mudas nativas para recuperação das Áreas de Preservação Permanentes (APPs) que integram o espaço do empreendimento, representando a sustentabilidade do projeto que terá 07 Megawatts (MW) de potência instalados, gerados pelo aproveitamento das águas do rio Potiribu.

O Cooperativismo, contudo, também se sobressai em pequenas obras. Com a finalidade de atender o 10º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU - Reduzir as Desigualdades – a Ceriluz promoveu ainda uma campanha de arrecadação de agasalhos e alimentos, com pontos de coleta na Cooperativa e na PCH Sede II. Todos os colaboradores e pessoas envolvidas nas visitas foram convidados a participar. Ouça a cobertura completa em nosso informativo de rádio, clicando aqui.

Dia C02site

Visitantes puderam conhecer a estrutura da usina em construção, incluindo o túnel que está sendo perfurado.

Dia C03site

Dia C04site

Dia C05site

A atividade se encerrou com o plantio de mudas nativas na Área de Preservação Permamente (APP).

Dia C08site

Dia C07site

O frio desafiou a coragem e o espírito cooperativista daqueles que participaram da ação.