USINA TERMELÉTRICA SÃO SEPÉ ENTRA EM OPERAÇÃO COMERCIAL

Operação São SepéA Usina Termelétrica São Sepé, empreendimento com participação da Ceriluz, entrou em operação comercial nesta quarta-feira, dia 13 de março. O despacho para início da atividade comercial da usina foi publicado pela Agencia Nacional de Energia Elétrica, na terça-feira, dia 12.  Ainda na segunda-feira, dia 11, o presidente da Creral, empreendedora majoritária, Alderi do Prado, recebeu do Operador Nacional do Sistema (ONS) a declaração de atendimento aos requisitos dos procedimentos de rede, na operação integrada ao SIN (Sistema Interligado Nacional) em caráter definitivo. A UTE São Sepé foi autorizada a se conectar na subestação Formigueiro 69 kV da RGE Sul, também localizada no município de São Sepé.

Inaugurada em 18 de dezembro do ano passado, com a presença de diretores, conselheiros e funcionários da Ceriluz, a termelétrica tem potência instalada de 8 MW e utiliza a casca de arroz como combustível e passou por um período de testes e ajustes.  Antes de receber a liberação para operação comercial foi necessária a comprovação da geração plena por um período mínimo de 96 horas ininterruptas, o que ocorreu entre os dias 25/02 e 01/03 cumprindo satisfatoriamente o requisito exigido.

Anualmente serão queimadas 70 mil toneladas de casca de arroz fornecidas por empresas arrozeiras da região de São Sepé. Cerca de 90% da energia gerada foi vendida em leilão ainda em 2015 para 28 distribuidoras de energia do país. Além da Creral, de Erechim, e da Ceriluz, integram o empreendimento as empresas Erechim Energia, BR Energia, de Porto Alegre, Minozzo Participações, de Nova Prata e Energia 203, de Santa Maria.

Fonte: Comunicação CRERAL