CERILUZ CONQUISTA PRÊMIO IASC E É A MELHOR DISTRIBUIDORA DE ENERGIA DO PAÍS

Prêmio IASC 01A Ceriluz é a melhor distribuidora de energia do Brasil. Ela conquistou o primeiro lugar no Índice Aneel de Satisfação do Consumidor – IASC 2018 na categoria “Permissionárias acima de 10 mil consumidores” e, também, o Prêmio IASC Brasil, superando todas as distribuidoras de energia do país, incluindo permissionárias (cooperativas) e concessionárias. O resultado foi divulgado hoje, 25 de fevereiro, às 16h, na sede da ANEEL, em Brasília. “Pelo quinto ano as permissionárias estão participando do Prêmio IASC, a Ceriluz pela quarta vez está entre as finalistas e hoje chegou a nossa vez. Estamos muito felizes por esta conquista”, afirmou o presidente Iloir de Pauli ao receber os troféus e certificados, acompanhado pelo vice-presidente, Valmir Elton Seifert, e o superintendente da FECOERGS, José Zordan. No Prêmio IASC 2017 a Ceriluz já havia ficado na segunda posição em sua categoria, mesma colocação de 2014.

O título de melhor distribuidora de energia do Brasil foi alcançado com uma média de satisfação de 85,93%, superando a sua média de 2017, de 82,13%. Na segunda posição ficou a Coopercocal, de Santa Catarina, e em terceiro, a Cermissões, de Caibaté/RS. No total foram 38 permissionárias disputando o prêmio, que obtiveram uma média geral de aprovação de 73,37%. Esse número é maior que a média de aprovação das 54 concessionárias participantes, que foi de 66,10%. No total, 23.446 consumidores de energia participaram da pesquisa realizada entre setembro e dezembro de 2018.

Divulgado anualmente pela ANEEL desde 2000, o IASC retrata o grau de satisfação do consumidor em relação à qualidade dos serviços prestados pelas distribuidoras de energia elétrica e tem o propósito de estimular a busca pela melhoria contínua. As permissionárias participam da pesquisa desde 2014, período no qual a Ceriluz sempre esteve entre a cinco melhores cooperativas do Brasil. Saiba mais ouvindo o Informativo Ceriluz clicando aqui.

IASC2018

Da esquerda para a direita: André Pepitone, diretor geral da Aneel; Luis Carlos Heinze, senador; Bento Albuquerque, ministro de Minas de Energia; Iloir de Pauli, presidente da Ceriluz; e Valmir Elton Seifert, vice-presidente da Ceriluz.