BÔNUS CERILUZ CHEGA AO FIM E REPASSA MAIS DE 2,5 MILHÕES PARA ASSOCIADOS

BônusCeriluzabril2018Os associados da Ceriluz que costumam analisar todas as informações de sua fatura de energia observaram que ao longo dos últimos doze meses a Cooperativa disponibilizou um desconto de 20% sobre o consumo de energia, denominado de Bônus Ceriluz. O repasse do benefício se encerrou no mês de março, conforme definido em Assembleia Geral Ordinária (AGO) da Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento Social Ltda, responsável pelo investimento. Nesse período a cooperativa contabilizou o repasse de R$ 2,53 milhões para mais de 11,5 mil associados. “Esse valor representa uma efetiva distribuição de resultados e isso só foi possível porque nós somos uma Cooperativa, onde todos os consumidores são associados. E fizemos isso num tempo onde a Ceriluz pratica as menores tarifas em relação às distribuidoras mais próximas”, explica o gerente administrativo/financeiro da Ceriluz, Ivo Boratti. Ele lembra, no entanto, que esse repasse foi feito apenas para associados Pessoa Física, não incluindo as demais classes e não contemplando os consumidores irrigantes, que já recebem subsídios do governo federal.

Outro fato importante para o associado observar é que o desconto de 20% se deu apenas sobre o consumo de energia. “Numa fatura de energia nós temos a discriminação de vários valores. Um dos valores é o consumo de energia, mas além dele nós temos tributos, basicamente ICMS, PIS e Cofins, outros débitos autorizados pelos associados, como plano de saúde e contribuições para entidades, e podemos ter, eventualmente, bandeiras tarifárias, conforme os custos da geração de energia. Esse desconto não incidiu sobre tributos, bandeiras tarifárias e outros débitos, uma vez que esses a Ceriluz simplesmente arrecada e repassa para o governo ou às entidades vinculadas”, esclarece Boratti.

A Ceriluz Geração repassou à Ceriluz Distribuição os valores não arrecadados pela distribuidora ao longo da vigência do Bônus Ceriluz e, conforme Boratti, é o retorno dos investimentos realizados nos últimos anos em usinas hidrelétricas. “A grande fonte de resultados está nos investimentos feitos em geração de energia. É a partir das usinas que foram construídas que a Ceriluz passou a reunir condições para esse e outros benefícios que a Cooperativa eventualmente fornece aos seus associados”, garante.

Divisão dos negócios – A separação das atividades da Ceriluz em geração e distribuição de energia se deu em razão do processo de regulamentação da distribuição de energia perante a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e deu origem a duas cooperativas: Ceriluz Geração e Ceriluz Distribuição. A Ceriluz Geração, fundada em 2006, passou a gerenciar os ativos das usinas existentes e a fomentar parcerias. Atualmente ela participa do capital de outras oito empresas, entre elas a Ceriluz Provedores de Internet, sendo as demais Sociedades de Propósito Específico (SPEs) que se referem a empreendimentos voltados para a geração de energia, compondo assim o Grupo Ceriluz.

Ouça a entrevista completa com Ivo Boratti acessando aqui o Informativo Ceriluz da última semana.