PRESIDENTE ILOIR DE PAULI ASSUME COORDENAÇÃO DA FECOERGS

Eleição Iloir fecoergssiteNo dia 05 de abril a Federação das Cooperativas de Energia do RS – FECOERGS realizou sua Assembleia Geral Ordinária (AGO) onde, entre os destaques, esteve a eleição da diretoria, quando Iloir de Pauli, da Ceriluz, foi eleito presidente. Junto com ele, comandarão a Fecoergs pelo biênio 2018/20 como vice-presidente, Erineo Hennemann, da Certel, de Teutônia, e como secretário, Querino Volkmer, da Cooperluz, de Santa Rosa. “Pretendemos dar continuidade ao trabalho muito bem conduzido pelo presidente Jânio Vital Stefanello e isto é um grande desafio, porém com a participação de todas as cooperativas e de todos os presidentes, acreditamos que teremos êxito,” disse o presidente eleito, Iloir de Pauli. Ele acrescentou que sua escolha para conduzir a federação demonstra a atual representatividade da Ceriluz, hoje uma das mais importantes do RS e do Brasil, inclusive sendo a melhor avaliada no Estado pelo Índice Aneel de Satisfação do Consumidor – IASC.

A AGO foi inicialmente conduzida por Jânio Vital Stefanello que fez uma análise do ano de 2017. Ele destacou a ligação de 5.629 novas unidades consumidoras, os investimentos em geração e distribuição de energia e, principalmente, as tratativas sobre o processo de regularização das cooperativas junto à Agência Nacional de Energia (Aneel). O bom relacionamento e o intercâmbio técnico, operacional e administrativo das cooperativas também mereceu especial referência.

Outro importante fato citado por Jânio foi o excelente posicionamento das cooperativas gaúchas no Prêmio IASC, que avalia a qualidade da prestação dos serviços de energia elétrica e que conferiu para três das oito permissionárias filiadas - Ceriluz (82,13%, Creluz D (81,71%) e Coprel (80,79%) - o conceito de excelência na execução dos serviços prestados.

No âmbito de geração de energia o sistema Fecoergs encerrou o ano de 2017 com 24 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) próprias em operação, com uma potência instalada de 52,84 Megawatts (MW), e mais sete usinas consorciadas, com potência instalada de 76,75 MW, totalizando 129,59 MW instalados.

Estiveram presentes na AGO doze cooperativas de energia e nove de geração, representadas pelos seus presidentes e mais 25 assessores e dirigentes. A Fecoergs representa 24 cooperativas de geração e distribuição de energia, beneficiando com energia 288 mil famílias, o que equivale a uma população de mais de um milhão e trezentos mil gaúchos.