NOTA: CHUVAS NA ÁREA DE AÇÃO DA CERILUZ E SEUS EFEITOS NAS USINAS

PCH JB maio 2017As chuvas registradas nos últimos dias vêm apresentando diferentes consequências para as usinas da Ceriluz. A Pequena Central Hidrelétrica (PCH) José Barasuol, localizada no rio Ijuí, gera praticamente sua capacidade plena, atingindo uma produção de 12,6 Megawatts (MW) na tarde dessa quarta-feira. Situação diferente ocorre na PCH RS-155, usina localizada no mesmo rio, apenas alguns quilômetros leito abaixo. Ela estava gerando 790 KW na tarde de quarta, de uma capacidade instalada de 5,9 MW. Essa diferença nos resultados, segundo o departamento técnico, se dá em razão das características das duas usinas. Enquanto que a PCH José Barasuol apresenta alta queda - 23 metros da barragem em relação à localização das turbinas – a PCH RS-155 apresenta baixa queda (9 m) e o aumento do nível do rio, estimado em 8 metros, acaba anulando a queda e prejudicando a geração. A Central Geradora Hidrelétrica (CGH) Nilo Bonfanti, no rio Buricá, em Chiapetta, também gera sua capacidade máxima, uma vez que possui alta queda (23m). Importante salientar que a queda é tão ou mais importante que o volume de água para a geração de energia hídrica.

Na tarde dessa quarta-feira o rio Ijuí estava com 1,68 metros acima do nível da barragem da PCH José Barasuol (foto), enquanto que na tarde de terça, esse número era de 1,40m. Porém, o maior volume de água foi registrado no domingo à noite, quando a água estava a 1,80 metros acima da barragem. Às 15h dessa quarta-feira o Centro de Operação da Geração (COG) havia registrado um total de 574 milímetros de chuva durante todo o mês de maio.

Na área da distribuição de energia, a chuva não vem provocando grandes danos, uma vez que está ocorrendo sem ventos. Os principais registros são de desarmes de chaves e queima de alguns transformadores, devido a ocorrência de descargas atmosféricas (raios), em toda a área de ação. Contudo, as ocorrências são consideradas normais.

PCH RS-155 maio 2017

Barragem PCH RS-155

PCH RS-155 maio 201701

Canal de Fuga PCH RS-155 e o rio Ijuí ao fundo.