ATENÇÃO NA SAFRA EVITA ACIDENTES COM REDES ELÉTRICAS

Estacas alertaA safra de soja recém começou em nossa região e a Ceriluz já registrou acidentes envolvendo colheitadeiras e redes de energia. Na última semana foram três situações que acabaram com postes quebrados e riscos para os operadores das máquinas. Com a chegada de abril a colheita deve se intensificar e a atenção dos condutores também. A safra de soja desse ano promete ser bastante positiva para os produtores. Porém, o sucesso completo depende também da safra transcorrer com segurança, sem danos físicos ou à saúde dos trabalhadores. Por isso, a Ceriluz faz um alerta para que os produtores rurais redobrem sua atenção no momento da colheita com possíveis obstáculos na lavoura e também ao fazer manutenções em suas máquinas e equipamentos. Neste sentido lembra que, em alguns casos, a rede elétrica pode vir a representar uma dificuldade e oferecer sérios riscos à vida em caso de acidentes.

Ao entrar com sua máquina ou veículo na lavoura o agricultor deve prestar atenção nas seguintes questões:

01.  Verificar se há postes e estais (rabichos) na lavoura e os identificar, de modo que não venha colidir neles;

02.  Avaliar a altura dos cabos elétricos considerando se a máquina passa por baixo sem risco de enroscar e arrebentar os mesmos. Identificando um cabo muito baixo, chamar uma equipe técnica da Ceriluz para que ela possa tomar as providências cabíveis e corrigir a situação com equipamentos e conhecimento adequados;

03.  Havendo um acidente, com queda de poste ou rompimento da rede, tomar cuidado para não encostar nos cabos de energia ou em partes metálicas da máquina que possam estar energizadas;

04.  Se for possível, descer da máquina com segurança, isolar o local e ligar imediatamente para a Ceriluz pelo 0800 51 3130, solicitando o desligamento da energia e a presença de uma equipe qualificada;

05.  Em caso de alguém ser eletrocutado, não tentar salvá-lo antes da energia ser cortada, caso contrário, a pessoa que o fizer pode vir a ser a próxima vítima. Neste caso, primeiro ligar para a Ceriluz e solicitar a interrupção no fornecimento de energia e também chamar imediatamente uma equipe de resgate, como o SAMU, pelo telefone 192, ou o Corpo de Bombeiros, pelo 193, sempre considerando a necessidade de primeiro desligar a energia entes de interagir com a vítima eletrocutada.

Estas são dicas de segurança que valem para qualquer tipo que atividade agrícola com máquinas próximo às redes, como o preparo do solo e as semeaduras que ocorrem após a colheita. Para minimizar os riscos a Ceriluz vem adotando medidas, como estacas de alerta (foto), para aumentar a visibilidade dos estais presentes nas lavouras dos associados.