MENSAGEM DO PRESIDENTE ILOIR DE PAULI

Presidente Iloir siteA maior frustração de alguém deve ser começar algo e não conseguir ver este sonho concretizado. Coloco-me na posição dos presidentes que iniciaram a caminhada da Ceriluz há 50 anos atrás e que não conseguiram ver a Cooperativa em seu momento atual, na nossa avaliação, seu melhor momento. Reinholdo Luís Kommers, Aparíccio Piccinin e José Barasuol. O mesmo se aplica a alguns conselheiros, onde citamos de forma especial Abrilino Sandri, Ricardo Carlos Uhde e Constatino Gói. Estes homens que nos deixaram o seu legado: uma cooperativa de futuro. Como queríamos tê-los aqui conosco neste ano de 2016 para agradecer pelo que eles fizeram por nós, ou mais, pelo que eles fizeram pelas gerações vindouras. Contudo, quando se é presidente de alguma organização ou entidade é preciso se trabalhar assim, pensando no futuro, pensando em algo cujo resultado possivelmente não poderemos ver. Não dá para acelerar resultados. Quando isso é feito corre-se o risco de deixarmos passar algo no planejamento que pode comprometer seu desfecho. Falando em nome dos presidentes, garanto que ao longo destes cinquenta anos todos nós trabalhamos dessa forma, com base nas condições que tínhamos, pensando no melhor que era possível. E os resultados chegaram grandiosos.

E foi assim que chegamos a 2016, ano do Cinquentenário da Ceriluz, com muito para comemorar, com uma Cooperativa grandiosa. Ela não é a maior empresa da região, não tem o maior faturamento e sequer é infalível, pelo contrário, às vezes falha sim, apesar de todos os esforços para que isso não ocorra. Mas, a Ceriluz é hoje uma referência em termos de geração e distribuição de energia. A sua grandiosidade está no papel que cumpre para a região. Possivelmente os fundadores desta Cooperativa nunca imaginaram o quanto a energia passaria a ser necessária para a produção de riquezas. Construiu-se uma cooperativa que levava luz e hoje temos uma cooperativa de infraestrutura, incluindo aí energia elétrica e internet. Fomos do básico ao necessário. Se conseguirem, pensem agora em uma única atividade que não precisa de energia elétrica. É difícil! Por isso, nada mais justo que o lema do cinquentenário: Energia para a Vida.

Vejam como são importantes aqueles pioneiros. E por isso nos alegramos das ações que realizamos em 2016 para marcar os 50 anos. Homenageamos nossos ex-presidentes e em nome deles todos os demais que participaram do seu trabalho com inaugurações de usinas e subestações que representam a grandeza da Ceriluz. Estamos satisfeitos por isso. Não fizemos uma grande festa, não sorteamos prêmios valiosos que, ao final, premiam apenas alguns. Entregamos investimentos que se refletem em qualidade de energia e contamos a história da Cooperativa por meio do livro Ceriluz 50 Anos – Energia para a Vida. Nosso objetivo nestes cinquenta anos foi valorizar aquilo que realmente importa em uma cooperativa: as pessoas e sua trajetória. Teremos outros momentos para dar prêmios, que na essência, não retribuem o esforço e a contribuição de cada um, mas sim, apenas a sorte. Na nossa avaliação temos que valorizar quem faz as coisas acontecerem, não quem tem sorte na vida.

Ao analisar o ano do Cinquentenário não podemos deixar de comentar também os seus resultados. Foi um ano positivo! Após um período atribulado de dúvidas e com fatores externos afetando o setor elétrico brasileiro, como a estiagem na região Centro-Oeste, voltamos a viver uma maior normalidade, mesmo com todas as mudanças no cenário político brasileiro. Lutamos e conseguimos garantir os direitos dos associados por meio da aprovação da Medida Provisória 735, transformada na lei 13.360, que seguirá garantindo tarifas justas aos associados. Trabalhamos muito e fechamos o ano com excelente índice de aprovação nos serviços prestados, como comprovou o Índice Aneel de Satisfação do Consumidor IASC, onde os associados dos deram uma nota de 86,75% de aprovação, excelente nos parâmetros da agência reguladora, valor que nos coloca como a quinta melhor distribuidora de energia do País.

O ano de 2016 foi marcante pela passagem do aniversário de 50 anos da Ceriluz. Valorizamos o passado e comemoramos principalmente o presente. E agora? Bom, agora vamos focar novamente no futuro, como fizeram os pioneiros. Seguiremos crescendo rumo aos 60, 70, 80 anos... até a Cooperativa completar um século e ir ainda mais adiante. A maioria de nós, da atual direção e colaboradores, certamente não estará aqui para ver esse futuro. Mesmo assim seguiremos dedicando todos nossos esforços para que esse futuro seja ainda mais grandioso, maior do que podemos imaginar agora.

Muito obrigado por tudo e um feliz 2017 a todos os associados!