INAUGURAÇÃO DE SUBESTAÇÃO HOMENAGEIA PRIMEIRO PRESIDENTE DA CERILUZ

DSC 0179 SiteA Ceriluz realizou na última sexta-feira, dia 15, mais um evento relativo às comemorações do seu Cinquentenário, que será completado em agosto. Desta vez foi a inauguração simbólica da Subestação Ceriluz 01, localizada na comunidade de Chorão, em Ijuí. Considerando que essa subestação entrou em operação no ano de 2003, a ação teve o objetivo principal de homenagear um dos principais nomes entre as pessoas que fazem parte da história da Cooperativa e consistiu em nominar a estrutura elétrica como Subestação Reinholdo Luiz Kommers, que presidiu a Cooperativa no período de 1966 a 1970.

Para perpetuar a ação foi descerrada no local uma placa comemorativa, que destaca, além da homenagem ao ex-presidente, o nome dos conselheiros e técnicos da Cooperativa que participaram da construção da Subestação. Estiveram presentes no evento diretores da Ceriluz, os atuais conselheiros e colaboradores da Cooperativa e também representantes da família do ex-presidente. O presidente Iloir de Pauli destacou o importante trabalho de Reinholdo Kommers como liderança regional, não só na Ceriluz, mas em outros setores da sociedade e reforçou a coragem e perseverança do Kommers neste que foi um dos períodos mais difíceis da Cooperativa, seu início, onde pairavam dúvidas e a desconfiança da comunidade. “Esta é uma homenagem justa ao ex-presidente Reinholdo Kommers, não só pelo seu trabalho aqui na Cooperativa, mas pela região e pelo Estado. Estamos homenageando o primeiro presidente da Ceriluz dando o seu nome à primeira Subestação que a Ceriluz construiu”, comentou Iloir. O filho Eldomar Kommers agradeceu a distinção oferecida ao pai. “Com certeza ficamos muito gratos por essa homenagem e meu pai, se ele estiver vendo, também está muito feliz. Ele foi um visionário que construiu sonhos e com certeza o rastro que ele deixou aqui na Terra foi muito positivo, que muito orgulho nos causa, sempre pensando no bem comum, na comunidade, no município. Nem todas as coisas que ele imaginou deram certo, mas muitas deram, como é o caso da Ceriluz”, destacou Eldomar.

A Subestação - agora chamada de Reinholdo Luiz Kommers - está em funcionamento desde outubro de 2003, quando foi construída para dar suporte na transmissão da energia da Ceriluz, de forma especial para a energia gerada pela Usina José Barasuol, inaugurada alguns meses depois, em fevereiro de 2004. Desde então, contudo, ela vem cumprindo um papel maior do que simplesmente dar vazão à produção daquela PCH e vem dando sustentação e equilíbrio a todo o sistema elétrico regional, especialmente aos municípios de Ijuí, Bozano, Ajuricaba, Nova Ramada, Catuípe e também Chiapetta. Com uma capacidade instalada de 10 Megavolt/Amper (MVA) quando passou a funcionar, deu conta da demanda de energia de nossos consumidores por vários anos, sem apresentar dificuldades. No entanto, a Ceriluz sentiu a necessidade de ampliar essa carga instalada e em janeiro de 2013 a Cooperativa efetivou a substituição de dois transformadores de 5 MVA por outros dois de 10 MVA, passando a uma capacidade de 20 MVA. Os transformadores que foram retirados, após passarem por manutenção, foram reutilizados na Subestação Ceriluz 02, no município de Santo Augusto.

DSC 0104 site

DSC 0137 site

DSC 0155 site

DSC 0007 site

DSC 0031 site