Artigos

Tarifas de Energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) realizou reunião pública da diretoria no dia dia 26 de julho, quando aprovou o reajuste tarifário da Ceriluz. O efeito médio nas novas tarifas de energia da Cooperativa foi de 5,34% de aumento, com vigência a partir do dia 30 de julho, reajuste que será percebido efetivamente nas contas de energia pagas em setembro pelos associados. Para os consumidores de Baixa Tensão – rurais, residenciais urbanos, comerciais e alguns industriais – o aumento será de 6,62%, enquanto que para os consumidores de Alta Tensão – que consiste num grupo específico de consumidores industriais e comerciais – esse aumento será de 4,23%.

Para saber mais detalhes veja a Resolução Homologatória 1913/2015, abaixo:

RESOLUÇÃO HOMOLOGATÓRIA 2114, DE 26 DE JULHO DE 2016

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu em reunião no dia 26 de junho os reajustes tarifários de seis cooperativas de eletrificação, entre elas a Ceriluz. O efeito médio para a Cooperativa de Ijuí foi de 7,14% para os consumidores, com pequenas oscilações entre as classes. Os fatores considerados pela agência para definir os novos valores são as variações de custos que as distribuidoras de energia têm durante o período de referência, ou seja, os últimos doze meses.